Arquivo da categoria ‘Especial

Responda rápido: Qual o pior time do mundo?   Leave a comment

Você já se perguntou qual o pior time do mundo? Provocações de rivais à parte, saberemos agora um pouco mais sobre o Íbis Sport Club, considerado pelos seus próprios torcedores o pior time do planeta.

O Íbis Sport Club é um clube de futebol da cidade de Paulista, no estado de Pernambuco (Sim! Ele é brasileiro!) Nos anos 70, graças a 9 derrotas consecutivas e depois uma sequência de 23 jogos sem vitórias, conquistou fama nacional. A fama de ‘O pior time de mundo’ veio com uma zoação de uma torcida adversária, mas que acabou pegando na década de 1980, quando atingiu a marca de 55 partidas sem vencer nenhum jogo, sendo 7 empates e 48 derrotas. O time marcou 25 gols e sofreu 231. Foram incríveis 3 anos e 11 meses sem conquistar uma vitória. Esse recorde negativo foi reconhecido pelo Guinness Book.

Esse time ainda inspirou o Casseta & Planeta a criar o famoso time fictício Tabajara Futebol Clube.

Vavá, jogador que foi bicampeão mundial de futebol nas Copas de 1958 e 1962 e um dos atacantes mais importantes que a Seleção Brasileira já teve, foi revelado pelo Íbis. Isso mesmo!

O lado bom de ser ‘o pior’

Mas tá pensando que o Íbis se irrita com esse ‘título’? Não, pelo contrário. O clube quer aproveitar a fama para faturar com a venda de produtos como canetas, chaveiros, sandálias, bonecos e camisas para os brasileiros e turistas que estarão em Pernambuco durante a Copa de 2014. O objetivo é fazer com que todos queiram levar para casa uma lembrança do Pássaro Preto, como é conhecido por seu mascote (Íbis também é um animal da mitologia grega, o qual é o mascote do clube).

Mas a venda de itens personalizados não é a única iniciativa do Ibismania. O clube espera arrecadar dinheiro suficiente para construir uma sede-museu que abrigue a sua história, principalmente tudo o que diz respeito à alcunha de ‘Pior Time do Mundo’.

O lema que rege o clube rubro-negro é que “Importante não é competir, mas sim existir”.

Anúncios

Publicado 18/01/2012 por rdg em Especial, Futebol

Para 2012, um pedido: PAZ   Leave a comment

Mais um ano está acabando. Ano que foi marcado fortemente pelo esporte, com pontos positivos e negativos.

Ano que o Brasil apresentou a melhor campanha fora do país em Pan-Americanos; Ano que teve os campeonatos mais disputados no futebol, ponto a ponto, gol a gol; Ano em que os brasileiros brilharam no exterior; Ano em que o basquete começa a aparecer mais no nosso país; Ano em que as lutas também começam a se destacar; Ano em que o vôlei continuou se reafirmando como um dos melhores no planeta…

Mas, apesar disso tudo, tropeços são inevitáveis: A Seleção tropeça feio e é eliminada precocemente da Copa América; Os pilotos brasileiros não conseguem alcançar as primeiras colocações na Fórmula 1; E, é claro, confusões (poucas, mas hoveram confusões) entre torcidas.

Mas enfim, não estou aqui para fazer uma retrospectiva completa, e sim para pedir que 2012 venha trazendo consigo a paz, a cooperação e a alegria entre torcidas de quaisquer que sejam os esportes ou times. Peço um 2012 de confraternizações, em que a violência seja apagada pelo amor ao seu time, ao seu esporte. Violência não vai fazer um time vencer. Muito pelo contrário, não vai ficar nada legal para o time.

Seu time perdeu?! Ok, não há o que se possa fazer. Ele ganhou? Então para que responder às ofensas dos que perderam? Digo e repito: Jogo é no campo ou na quadra, lá entre os jogadores. Torcida é pra dar força ao time, e não para prejudicá-lo com guerras entre si. E pior, há vezes em que torcedores do mesmo time entram em conflito. Gente, qual a lógica disso? Esporte é esporte, é um jogo, um hobby, um divertimento para nós, torcedores.

Esse é o meu pedido para o ano que está chegando: PAZ.

Um ótimo 2012 a todos vocês.
É o que deseja este blogueiro que vos escreve,
Rodrigo aw.

Publicado 27/12/2011 por rdg em Especial

O adeus de um gigante   Leave a comment

O dia de hoje, 14/02/11 entrará para a história como o dia em que o fenômeno deu adeus. Um dos maiores jogadores do mundo, Ronaldo, encerrou a carreira devido a constantes dores e ao hipotireoidismo, distúrbio que desacelera o metabolismo.

Mesmo sofrendo tanto preconceito e sendo vítima de tantas piadinhas devido ao seu peso, o eterno camisa 9 deixará saudades no futebol do Brasil, com 471 gols em toda a sua carreira, disse na coletiva que não guarda mágoa de quem o ofendeu por causa de seu peso.

Apesar de eu ser vascaíno, confesso que ele deu show no Corinthians ou em qualquer outro time que jogou. Ronaldo merece ser chamado de fenômeno e gigante do futebol.

Té +,
Rodrigo aw.

[Este post foi realmente postado no dia 14/02/11, em meu antigo blog, e só foi copiado para cá.]

Publicado 01/12/2011 por rdg em Especial, Futebol